segunda-feira, 8 de outubro de 2012

EDITORIAL- REPUBLIC PICTURES: CASA DOS GRANDES SERIADOS DO CINEMA

Republic Pictures

Este ano os Seriados de Cinema (the serial movies) completam 100 anos de existência e para comemorar a data, estaremos realizando uma serie de matérias sobre o tema. Lembrando que já falamos numa matéria anterior sobre o gênero. Hoje abordaremos o estúdio Republic Pictures apontado como o maior estúdio produtor dos seriados de cinema num texto escrito pelo especialista A.C. Gomes de Matos. 

Herbert J. Yates

Gene Autry

REPUBLIC PICTURES CORPORATION (1935-1959) – Foi fundada em 1935 por Herbert J. (John) Yates, presidente de um grande laboratório, Consolidated Film Industries. Sua criação resultou da fusão das companhias independentes Monogram, Mascot, Liberty, Majestic, Chesterfield-Invincible. Estas companhias estavam em débito com o laboratório e Yates, em vez de cobrar a dívida, propôs a integração sob sua liderança. A Monogram trouxe para a Republic sua organização de distribuição nacional em 39 cidades e a Mascot o seu estúdio e a experiência de Nat Levine na realização de seriados. Yates prometeu aos parceiros independência nas suas produções sob a égide da Republic mas surgiram desentendimentos e ele acabou se tornando o único dono da companhia. 

Roy Rogers


John Wayne

A Republic incluía entre seus astros mais conhecidos Gene Autry, Roy Rogers, John Wayne, John Carroll e a patinadora Vera Ralston (com quem Yates se casou em 1952). De 1935 a 1947, Gene Autry fez 58 westerns na Republic; em 1947 fez mais 32 westerns na sua própria companhia, a Flying A Productions, que distribuia os filmes pela Columbia. De 1938 a 1951, com o nome artístico de Roy Rogers, Leonard Slye, fez 82 westerns na Republic, além de participar de vários outros filmes, que não pertenciam à sua série. 

Estranha Caravana


A Deusa de Joba

John Carroll e Vera Ralston apareceram juntos em A Chama do Pecado/The Flame/1945, Escrava do Medo/Surrender/1950; Náufragos da Vida/Belle Le Grand/1951 etc. Vera contracenou com John Wayne em Estranha Caravana/The Fighting Kentuckyan/1949 e Carroll foi seu coadjuvante em Tigres Voadores/ he Flying Tigers/1942. 

O Império Submarino


A Filha da Selva

As equipes técnicas da Republic eram conhecidas por sua habilidade. Muito do sucesso dos seus seriados (vg. A Deusa de Joba/Darkest Africa/1936 (O primeiro seriado da Republic); O Império Submarino/Undersea Kingdom/1936; O Misterioso Dr. Satã/Mysterious Dr. Satan/1940; Os Tambores de Fu Manchu/Drums of Fu Manchu/1940; A Filha das Selvas/Jungle Girl/1941; O Homem de Aço/The Adventures of Captain Marvel/1941; O Terror dos Espiões/The Spy Smasher/1942; O Maravilhoso Mascarado/The Masked Marvel/1943; Capitão America, o Vencedor/Captain America/1944 etc.) deve ser atribuído aos três soberbos diretores de ação, William Witney, John English e Spencer Gordon Bennett, que sabiam instintivamente como “keep things moving”. 

William Witney


Spencer Gordon Bennett

O trabalho dos cinegrafistas (William Nobles, Reggie Lanning, Bud Thackery) foi sempre considerado excepcional – os numerosos travelings e panorâmicas davam às produções uma sensação de movimento, que não era encontrada na maioria dos filmes das grandes companhias. 

Tom Steele


Dale Van Sickel

Excelentes stuntmen (Tom Steele, Dave Sharpe, Dale Van Sickel, Eddie Parker, Duke Green, Ken Terrrell, Fred Graham), bons scores musicais (William Lava, Mort Glickman, Cy Feuer), efeitos visuais criados pelos irmãos Lydecker (Howard e Theodore) e uma montagem excitante também contribuíram para produzir um conjunto de espetáculos altamente competente e atraente. 

Howard Lyndecker


Theodore Lyndecker

No gênero western, além da presença de Gene Autry e Roy Rogers, teve particular ressonância a série Os Três Mosqueteiros ou Os Três Sertanejos/The Three Mesquiteers e os filmes de Rex Allen, Bill Elliott, Allan Lane, Don “Red” Barry, Monte Hale etc. enquanto Judy Canova e The Weaver Brothers (e Elviry) se encarregavam dos musicais rurais.

Os Três Mosqueteiros/Os Três Sertanejos

Allan "Rocky" Lane

Um filme interessante da Republic dos anos trinta foi O Mistério de Hollywood/Hollywood Stadium Mystery/1938 com Neil Hamilton e Evelyn Venable, dirigido por David Howard, no qual um lutador de boxe é assassinado à vista do público no ringue do Legion Stadium. 

O Mistério de Hollywood

Nos anos quarenta, Yates proporcionou ao público bons espetáculos (vg. O Anjo e o Malvado/Angel and the Badman/1947; O Rastro da Bruxa Vermelha/Wake of the Red Witch/1948; Estranha Caravana (todos com John Wayne) e contratou diretores como Raoul Walsh (Comando Negro/Dark Command/1940); Orson Welles (Macbeth/Macbeth/1948), Frank Borzage (Ao Cair da Noite/Moonrise/1948), Allan Dawn (Iwo Jima, O Portal da Glória/Sands of Iwo Jima/1949, Lewis Milestone (O Vale da Ternura/The Red Pony  1949), John Ford (Depois do Vendaval/The Quiet Man/1952 etc.); Nicholas Ray (Johnny Guitar/Johnny Guitar/1954. 

Raoul Walsh

John Ford

Fonte: http://www.historiasdecinema.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário